Ghost

My Button Collection

“Meninos são meninos, não confuda com homem, meninos quando você mais precisa eles somem. Meninos mentem com frequencia, cara de madeira, principalmente quando é feriado ou sexta feira. Ele te disse que ia pra casa do pai né, te disse que ele é do tipo que nunca trai né, moleque agora a casa cai porque ela abriu a porta, “tacou” a sua mala lá pra fora e disse sai. Diz que é mentira da oposição, pediu pra você se botar no lugar dele, trocar posição mas meninão agora já era, já foi, já que cê mergulhou na merda, agora agarra o saco do boi. Já tá perdido ela não quer mais saber, mulher igual a essa você nunca mais vai ter. Seu sábado agora é com a sua TV matando a saudade dela, e suas vontade assistindo Cine Privê. Então vai, taca ele fora. Tá na hora de uma atitude mina, o momento é agora. Então vai, ele não te merece, então esquece, segue a vida, agradece e diz vai. Não perde a pose linda, ergue essa cabeça, não chora pra que não pareça que ele ainda mereça. Se veste bem, pra que ele enxergue bem tudo que era só dele, mas agora criança vai ficar sem, porque ele sempre te trocou pelo bar, te zoou, te enganou, até você não aguentar. Cê vê que agora ele chorou, né não? Quando se viu perdendo, esqueceu rapidinho a pose de machão, ele pediu pra escutar, pediu atenção, pediu pra você perdoar essa situação. A rapadura é doce mas não é mole não, ela vai te aplicar na veia uma dose dupla de solidão, você que sempre quis ser pik paquitão, o diabo amassou então mastiga bem o pão. Ela vai pro role com alguém que dê atenção, e você vai se tornar expert em prostituição (…) Ele já te traiu, ele já te bateu, ele já te feriu, ele já te perdeu. Entre mais de mil, ele que cê escolheu, não deu valor, você saiu agora ele se fudeu. Diz pra ele que agora chega, que quando ele ver cueca suja, vá jogar no tanque de outra nega, agora volta o cão arrependido né, daqui pra frente ele vai tratar diferente uma mulher.”—Projota. 




Quando eu era criança e me machucava chorava bem alto para que soubessem o quanto aquilo doía. Hoje quando me machuco, choro baixo para quenão percebam o quanto isso está doendo.

Quando eu era criança e me machucava chorava bem alto para que soubessem o quanto aquilo doía. Hoje quando me machuco, choro baixo para quenão percebam o quanto isso está doendo.




Isso tudo é um desafio, continuo a caminhada.ConeCrew

Isso tudo é um desafio, continuo a caminhada.ConeCrew

Nunca vi pessoa tão desastrada como eu.

Button Theme